Histórias extraordinárias de Edgar Allan Poe

13 abr

Escolha um conto qualquer e viaje pelo universo do horror gótico e pelos abismos da mente humana. Ligéia, Berenice, O manuscrito encontrado em uma garrada, O gato preto, William Wilson, A queda da Casa de Usher são apenas alguns dos contos mais bem escritos da literatura de língua inglesa. Ler Poe é, para mim, como mergulhar em um mundo em que todos somos loucos e a loucura é a única forma de sanidade. Já se vão 35 anos da primeira vez que o li e sempre que releio esse autor é como se me apaixonasse novamente. Meu primeiro volume de Poe foi comprado por meu pai em uma banca de jornal, em uma época em que dependíamos dessas edições mais baratas para ter acesso aos clássicos. Para aqueles mais jovens que estão acostumados a ter acesso a megastores e supermercados cheios de livros, quero falar de uma época (40 anos atrás) em que as livrarias eram poucas e os livros caros e raros para quem vivia no meio operário. Histórias extraordinárias me acompanhou à escola, durante meses em que o li e reli até decorar trechos inteiros e ainda hoje é uma boa companhia em um dia chuvoso. “O horror, a loucura, o pecado…”  Até hoje na hora de cometer meus textos de ficção, a influência de Poe se faz sentir. Leiam em português, inglês ou espanhol, uma vez que, coisa rara, o lirismo desses contos permanece intacto se a tradução tiver qualidade. Esqueçam os filmes de Roger Corman e Vincent Price, Poe até hoje não teve uma única adaptação decente. Abram uma garrafa de Merlot ou Syrah e leiam degustando ambos, o autor e o vinho, é uma experiência que nunca esquecerão…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: