Cem anos de solidão – de Gabriel Garcia Marques

15 abr

Muitos falam de realismo fantástico e de América Latina como se soubessem de algum código que nós não sabemos, e tratam deste livro como se fosse uma história hermética. Não é. É um romance sensacional que se vale de um registro temporal baseado na memória e não na pretensa linearidade do tempo. As metáforas e alegorias usadas pelo autor remetem muito mais ao folklore regional e rural do imaginário popular, do que propriamente à realidade crua. É uma realidade também, só que apreendida através dos filtros da memória fantástica, que adquire caráter épico na voz popular. Tanto em espanhol quanto em português é imperdível.

Anúncios

Uma resposta to “Cem anos de solidão – de Gabriel Garcia Marques”

  1. Eduardo Dezena abril 16, 2012 às 11:59 am #

    Para quem se importa com a história da América Latina, é leitura indispensável!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: