O nome da rosa – de Umberto Eco.

24 abr

Romance policial ambientado na Idade Média e cheio de referências eruditas e populares. É a prova de que pode-se escrever bem e ser popular. Umberto Eco é um dos intelectuais mais significativos da Itália pós-moderna e este livro parece muito mais um momento de lazer do que de reflexão. Lêdo engano! A Liberdade de pensamento, de expressão, de circulação é discutida de modo magistral e consegue ser atual sem cometer anacronismos. Tem saídas inteligentes para os impasses do clássico romance policial e é uma viagem para quem gosta de História e desse período. Se você ler Umberto Eco, nunca mais vai considerar Dan Brown a sério!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: