José Saramago

14 jul

Da primeira vez que tomei contato com Saramago, eu me encontrava com vinte anos (pouco mais ou menos), o livro era A jangada de pedra, e não gostei. Não entendi nada e me custou muito acompanhar as complexidades da narrativa. Demorei mais vinte anos para redescobrir este autor fantástico. Ainda não reli  A jangada…, mas aprendi a apreciar seu estilo narrativo e seus ácidos comentários sobre o ser humano e seu viver. Foi assim que descobri que cada autor tem seu momento em nossas vidas e que muitas vezes a falta de maturidade e vivência são os fatores que nos levam a desgostar de um determinado autor, quando em outro momento de nossas vidas tudo passa a fazer sentido e nos apaixonamos por aquele que mal tolerávamos. Recomendo meus favoritos:

As intermitências da morte.

Ensaio sobre a cegueira.

Caim.

História do cerco de Lisboa.

Ensaio sobre a lucidez.

Leiam com atenção, não é um autor para sapear aqui ou ali enquanto se olha o facebook, é um escritor dedicado que requer igual compromisso para que a leitura seja completa e adequada, mas vale a pena!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: