O TEMPO PARA OS MEMES JÁ ACABOU E PRECISAMOS IR À LUTA

5 out

A tentação de zoar essa direita energúmena, que emergiu para a esfera pública nos últimos anos, é um escapismo que precisamos superar. Charges, tirinhas e memes são recursos importantes, que auxiliarão os futuros historiadores a reconstituir o processo de esgarçamento da civilidade e do crescimento da violência real e simbólica praticada por esses extremistas. Entretanto, o tempo para o registro está se esgotando muito rápido e precisamos de estratégias para combater a ignorância e o obscurantismo.

 

Dos jovens liberais anacrônicos aos vociferantes defensores da tortura, estamos presenciando um festival dantesco de burrice, ignorância, intolerância, ódio e alienação. Gente que argumenta partindo de silogismos e falsas equivalências, repetindo argumentos fornecidos por seus mentores e que, quando confrontada com a tolice de seu pensamento, vocifera alucinadamente para calar o oponente no grito. Pessoas que perderam a noção do decoro social, se é que algum dia a tiveram, e se comportam como pirralhos birrentos que não aceitam ser contrariados.

 

Não satisfeitos em transformar as redes sociais e os portais de notícias em um quintal para suas explosões de vulgaridade e intolerância, agora escolheram vandalizar igrejas e terreiros e atormentar e perseguir artistas e museus. Desde a dona de casa desmiolada do Ceará que arrebentou imagens sacras do século XVIII a golpes de paralelepípedo, até a multidão de internautas ensandecidos que vê pedofilia em tudo o que desconhece ou não tem bagagem cultural nem capacidade cognitiva para entender, estamos descambando ladeira abaixo em direção ao triunfo da violência obscurantista. É um ajuntamento social complexo e variado que confere um significado completamente novo à expressão jocosa “a vanguarda do atraso”.

 

Com significativa presença legislativa, essa “nova direita” fundamentalista pretende silenciar o pensamento crítico nas escolas, censurar a Arte e expurgar o entretenimento em benefício de um modelo de cristianismo literal e pré-moderno, que envergonharia até mesmo luminares do conservadorismo como Alceu de Amoroso Lima ou Edmund Burke. Manipulando hipocritamente esse discurso de defesa da família “tradicional” e dos costumes, mascaram negociatas, desvios morais e até mesmo a ampla presença de abusos sexuais dentro das igrejas e templos que cultuam, para demonizar seus oponentes políticos e sociais e projetar o conteúdo de suas mentes pútridas naqueles que desejam destruir. Talvez seja por isso que acenam com o berro inconsequente de “pedofilia” até mesmo em pinturas barrocas, sobejamente conhecidas pela representação alegórica, mas se calam sobre os casos de abuso de crianças na vida real.

 

Há que saber diferenciar entre os mentores calculistas de toda essa balbúrdia e a multidão de barnabés com suas tochas e forcados metafóricos, que investe cegamente e projeta seu ódio contra quem os manipuladores mandam.  

 

Na década de 90, o jornalista Bob Fernandez afirmava que a pergunta essencial para analisar qualquer notícia do âmbito sociopolítico no Brasil era “quem está mordendo?”. Uma variante bem interessante do clássico “follow the Money” presente na cultura investigativa. Por isso aqui em casa nos habituamos a analisar o noticiário, entre muitos outros aspectos, verificando quem lucra monetariamente com as iniciativas de controle político e social.

 

E, de fato, sempre alguém lucra. Podem ser os produtores de conteúdos extremistas, youtubers, blogueiros ou formuladores de “movimentos” em prol de valores tradicionais, dispostos a abocanhar patrocínios privados ou verbas estatais para promover a confusão e manipular multidões ensandecidas e, assim, provocar resultados mercadológicos ou eleitorais que beneficiem X ou Y. Não há dúvida que corre muito dinheiro nessas iniciativas de patos e pixulecos, uma vez que um número significativo de seus promotores nem sequer tem como justificar a própria renda.

 

Mas é também sua inserção junto às redes sociais que acaba por produzir renda também. A cada curtida, comentário ou compartilhamento, os produtores de conteúdo “polêmico” ganham mais dinheiro e muitas pessoas bem intencionadas, na tentativa de denunciar esses produtos do ódio, acabam por servir de propagandistas desavisados. E assim o mundo gira e a lusitana roda…

 

Em parte, isso se dá porque algumas das situações ridículas proporcionadas por essa “nova direita” são tão estapafúrdias que se contar ninguém acredita. É o caso do infeliz que ameaçou “descarregar um ‘38” no jornalista que vestia uma camiseta em que estava escrito “Je suis gay” (em francês “eu sou gay”), alegando que o jovem estaria chamando Jesus de gay e demonstrando que não sabe sequer a grafia correta da divindade que adora. A tentação de compartilhar esse tipo de aberração mental é enorme, mas não deveria.

 

Em primeiro lugar porque deveríamos ser melhores do que rir da ignorância e do ridículo alheio. E em segundo lugar porque não deveríamos dar ibope e nem pasto para falsas polêmicas e nem curtidas em sites e postagens de quem vive disso e procura manipular o debate na rede para encobrir as falcatruas de seus políticos favoritos. Ao invés de compartilhar muitos desses conteúdos, bastaria “tirar um print” e produzir uma postagem própria, aí sim criticando.

 

Inclusive porque já passou o tempo de achar graça em gente que boicota museus aos quais nunca foi e nem pretendia ir e é tarde demais para fazer piadas hilárias com quem não sabe que os “anjinhos” e “putti” da Arte Barroca e Renascentista não representam nem nunca representaram crianças. O nível de ódio destilado nas “polêmicas” mais recentes deveria ser um aviso veemente de que essas pessoas estão a um passo de sair assassinando por aí. A destruição sistemática dos terreiros de matriz africana, a tentativa de depredação do túmulo de Chico Xavier e o ataque às imagens de santos católicos não são eventos aleatórios, são a arrancada de um surto odiento de intolerância e intimidação por parte de ignorantes manipulados por forças políticas e econômicas maiores.

 

A violência física contra os professores, que cresce a cada dia, é outro sintoma dessas multidões doentes. Bem como o linchamento e a tortura de “bandidinhos” e os ataques a casais gays (ou a pais, filhos e irmãos que demonstrem carinho em público e possam ser percebidos como gays) também refletem a deturpação de caráter de quem jura que está defendendo valores familiares. Se a situação agora está assim, imaginem como ficará quando houver proselitismo religioso nas escolas, com o aval do Estado…

 

Não vejo como esperar qualquer garantia de segurança social de nenhum dos três poderes, uma vez que lhes convém que nos digladiemos enquanto eles depredam o Estado e enchem os bolsos com polpudos salários cheios de penduricalhos obscenos. Também não acredito em candidatos “milagrosos” que possam abrir mares ou andar sobre as águas e assim frear esta onda pavorosa de demência social. O que nos resta então, senão manter a sanidade e lutar com todas as forças para permanecer vivos e torcer para que os ignorantes se matem entre si?

 

Porque eu não vejo mais a possibilidade de qualquer diálogo com pessoas que aderem cegamente ao linchamento de museus e artistas porque não tem capacidade cognitiva para entender o contexto de um nu na Arte. Muito menos consigo mais ter paciência com hipócritas que querem defender as crianças da pedofilia, mas calam clamorosamente quando padres e pastores abusam de mulheres e crianças. Também não posso ter mais pena de quem é tão reprimido pela educação religiosa, que atribui a todo e qualquer corpo nu um significado sexual.

 

A certeza que fica é que a nossa sociedade está doente. Doente de podridão nas mentes dos que manipulam e dos que se deixam manipular, e que dirigem seus ódios a tudo o que constitua qualquer ameaça (real ou metafórica) a seu viver comezinho e medíocre de ovelhas. E certamente merecem os “pastores” que tem.

 

Fica para nós a luta para manter acesa a tocha da Civilização.

Anúncios

12 Respostas to “O TEMPO PARA OS MEMES JÁ ACABOU E PRECISAMOS IR À LUTA”

  1. mario cezar 05/10/2017 às 7:58 pm #

    depreda imagem eu tb acho errado, nisso com cordamos. mas assim. e aquele artista la q raspou nossa senhora num ralador quando ele estava nu. eu sei q a senhora não me responde pq é autoritária e defende a escola com partido(pt) mas voçe tb não acha isso destilação de ódio sim ou nao

    • annagicelle 06/10/2017 às 5:18 pm #

      Aqui você além de ser deselegante fez inferências inteiramente equivocadas. 😦

  2. mario cezar 05/10/2017 às 9:33 pm #

    ora ora 30 anos de estudos históricos para fugir de mim? ta com medo de perder o debate não é mesmo. não faltei respeito algum com voçe, acho estranho estar sendo calado na maior obscuridade como diria voçe mesmo. admiro seu trabalho embora haja mt petismo aqui gosto de pluralidade de ideias mas o máximo q nois cristãos, somos chamados e de debiloide nessa pagina mas isso é discurso de ódio.

    • annagicelle 06/10/2017 às 5:19 pm #

      Aqui você foi francamente agressivo e pensou mesmo que eu entraria em debate com alguém que não quer entender a diferença entre petista e comunista? Tá se achando mesmo, não é? 😦

      • mario cezar 09/10/2017 às 1:18 am #

        uma pessoa q chama cristão de gentinha tb n estar se achando?

      • mario cezar 09/10/2017 às 1:23 am #

        todo ato inferiorizacao é violação do paragrafo 2 de direitos humanos. desde inferioriza um nordestino ate um cristão. isso é um erro grave. n e so bancada da bala q fala absurdo n vcs comunistas, petistas, bolcheviques sei la como vc gosta de se classificar tb falam horrores mas ai vcs maqueiam falando q é texto refinado, isso n e justo

      • annagicelle 09/10/2017 às 12:12 pm #

        Só vou responder uma vez porque esse é um tipo de polêmica que não me interessa. E não me interessa pelo simples fato de que você me parece uma pessoa que já foi além da doutrinação. Você não consegue se ater à concordância básica gramatical e seu fraseado é tão caótico que, de fato, pode soar mais agressivo do que sua intenção. Então, se eu interpretei mal seus comentários, lamento muito mesmo. Você me pegou em um momento de dor extrema e eu perdi a paciência. Entretanto, 90 % das críticas que você me faz são absolutamente infundadas. Primeiro, que eu não sou ninguém, não tenho poder algum e nem aspiração a ter. Este blog tem apenas uma centena de seguidores e minhas outras redes sociais mal alcançam dez mil pessoas, então eu não vejo porque minhas opiniões pessoais podem estar ameaçando a cristandade. Historicamente o cristianismo foi um dos maiores flagelos da Humanidade, chacinando indígenas, mouros e judeus, queimando vivos pensadores, cientistas e mulheres durante séculos. Não se trata de meia dúzia de pastores evangélicos vigaristas ou de alguma bancada carola aleatória. O Vaticano manteve um projeto de poder que durou mais de um milênio e que ainda faz estragos, impedindo o planejamento familiar nos países pobres e acobertando não apenas a pedofilia nos EUA e na Austrália, mas também o apoio às ditaduras sanguinárias da América Latina e as infames Lavanderias das Madalenas no Reino Unido. Todos esses são crimes recentes. Então, sim, eu fico profundamente indignada e tenho o direito a expressar a minha indignação. E quem não gosta sempre tem a possibilidade de não ler ou não assistir, eu não “meto o pé na porta” de ninguém impondo a minha opinião e nem me aproprio do Estado para fazer proselitismo. Sobre as questões ideológicas, eu não entendo porque você se incomoda tanto, uma vez que nós comunistas e ateus somos a minoria da minoria e não temos qualquer controle sobre a opinião pública ou o que quer que seja. Entretanto, devo dizer que nenhum comunista de verdade sequer defende a Coreia do Norte, que é uma monarquia disfarçada e jamais foi comunista de fato. Eu sou leninista e jamais defenderia um regime em que uma única família se apossa do poder e se sucede por três gerações porque isso é uma aberração. No mais, como já disse, eu não sou ninguém, não tenho emprego e passo a minha vida nas tarefas domésticas, este blog e o canal do YouTube tem sido meu espaço de criatividade e meu legado contra a insanidade do mundo. Eu removi seus comentários porque me senti como se você tivesse atirado fezes na porta da minha casa. E os devolvi e respondi porque quero deixar registrado, antes que o país piore e vocês se sintam donos do espaço público e das consciências. Suas tréplicas apenas confirmam o meu argumento. Então, eu sugiro que se você não gosta do que eu escrevo, que não leia e siga seu caminho em paz. Não haverá outras respostas.

      • mario cezar 09/10/2017 às 5:21 pm #

        a humanidade ja era uma chacina desde o peleolitico, pelo menos o cristianismo trouxe consigo um sentimento de empatia para com o proximo e de limites morais para q se alcansase o ceu numa pos vida; mesmo com as suas falhas ele acabou compilando os saberes do ocidente e oriente e criou as universidades(embora havesse erros e perseguisoes reconheço), acabou ajudando a desenvolver o que seria os direitos humanos com john milton. claro q houve mts erros como a homofobia o machismo a escravidao eu confesso isso mais os cristaos hj em dia sao mt mais cabeça aberta do q os de 500 anos atras a senhora n pode pegar todos e colocalos num unico pote pq isso e generalisasao, discurso de odio, violacao de direitos humanos e pq nao anacronismo. é engraçado q a esquerda quando fala de religiao violenta n se lembra dos astecas, dos assirios, e nem do imperio japones q fez aquele horror na china seculo passado em nome do xintoismo, parece q somente nois cometemos erros nesses anos todos de planeta terra

        é facil falar q o cristianismo erro, ele erra todo dia muito cristao tem preguiça de ler a biblia e triste essa realidade, mais isso n impede de vermos o defeito de voçes tb. as farc andam estuprando moças na selva vc sabia disso? tem aquele livro tb do reinaldo arenas q conta a homofobia q sofreu nas maos de fidel castro, foi preso e torturado; na uniao sovietica ate natal n podia ser comemorado… eu fico triste n e pela sua opiniao pessoal mas me parece q toda a esquerda omite fatos horrorosos q aconteceram graças a voçes, vc sabia q na escola publica esses fatos sao omitidos? os professores so falam da idade media, da ditadura militar, das monarquias divinas… como se voçes fosse santos… ai eu me pergunto, se n for doutrinacao é o que? mal caratismo? é como eu falei n outro post seu… o que vamos mudar? ser progressista omitindo toda a sujeira por debaixo do tapete é ser ainda assim mais moral q um cristao? so pq vc sao progressistas? e estranho nao e mesmo

        eu sei q e a sua opiniao pessoal e q talvez suas palavras nao surtam efeito contra a gente mais n é somente voçe quem pensa assim, uma boa parte da esquerda radical quer distruir a fe e isso pode causar graves consequencias. a senhora tem q entender q voçe e uma pessoa que publica textos publicos faz videos publicos na internet hj em dia vc n pode sair falando o q bem entende ter q haver cautela. se eu aparecesse aqui ridicularizando a morte do amigo la da ufsc vc iria achar errado e monstruoso nao e mesmo? se eu defendesse aqui o pau de arara vc iria achar discurso de odio e violacao de direitos humanos msm meu post n tendo viralizado n é? entao… tratase de respeito a dor dos outros

        entao se poe no nosso lugar nem todo cristao e bixo nem todo cristao expulsa o filho gay de casa(hj tem ate igreja q acolhe é poucas mais a gente ta evoluindo nesse sentido), nem todo cristao abandona os filhos, nem todo cristao defende ditadura, nem todo pastor rouba, nem todo padre e pedofilo. nois tb somos gente nao e justo q a senhora trate a gente sempre no diminutivo eu acompanho mt seus videos e textos e gosto ate de algumas opinioes mais e assustador como vc omite mts erros e grifa outros e impressionante q quando a senhora fala de economia medicina literatura a senhora gosta de fala q n tem erudisao e quando fala de biblia taca fogo como se fosse especialista na area de teologia arqueologia e tal

        o bolsonaro tb fala q n estrapola suas opinioes pois ele tem imunidade parlamentar… a senhora tem q toma cuidado pois por mais q vc n tenha fama, por mais q vc fale q é apenas a gente q n sabe ler, todo discurso radical é violento e assusta. sempre tem uma galera q pode correr o risco de vida independente da ideologia

        como falei la no post da vacina q a senhora n respondeu: a gente tem que econtrar uma maneira justa para todos sem excluir um ou matar outro. se a humanidade desistir disso o nosso mundo pode acabar numa guerra sem dimensao

      • mario cezar 09/10/2017 às 5:34 pm #

        eu vou parar por aqui tb pq acho q já deixei a minha mensagem. acho que me exaltei tb no inicio, me desculpa. se poe no nosso lugar e revoltante ler uma coisa dessa, num outro texto a senhora disse q cristão n consegue deixar de crer em deus pq n tem capacidade cognitiva para isso, como se vc fosse superior. e não e assim que enxergamos a vida para mim e impossível esse mundo ter surgido do nada sem sentido algum. se não há sentido para essa vida a filosofia e a ciência em geral tb n fazem sentido e assim que pensamos

        ninguém e melhor do q ninguém. vc n e superior a mim e nem eu sou superior a vc. todos somos iguais perante a deus. vamos lutar para tornar o nosso mundo cada vez melhor corrigindo as contradições das nossas ideologias, é essa mensagem que quis passar

        mais uma vez se eu errei aqui desculpas se deixei algo mal interpretado aqui tb peso perdao qualquer coisa eu me corrijo aqui. forte abraço e fica com deus, ana gicelle

  3. mario cezar 05/10/2017 às 9:41 pm #

    se uma pessoa petista como vc assumir o poder pessoas como eu serão caladas? reflita

    • annagicelle 06/10/2017 às 5:23 pm #

      Aqui você repetiu o erro de nomenclatura (que me parece ser muito mais uma maneira oblíqua de ser agressivo). Lembre-se que o PT governou mais de uma década, na qual os pobres inclusive chegaram às universidades públicas. A censura está acontecendo agora depois do golpe. Eu não “xingo” sua divindade, você é que não tem capacidade de ler um texto crítico sem se sentir ofendido. O único que odeia e debocha aqui é você. Satisfeito agora que eu legitimei seu mundinho, respondendo suas agresssões? 😦

      • mario cezar 09/10/2017 às 1:16 am #

        voçe defende o banimento da fe. se n for xinga eu n sei o q é

        acesso a faculdade a preço de sangue. vcs estão querendo doutrinar as nossas crianças pois esse negocio de gerar combate a desigualdade n e verdade. da pra fazer dinheiro de varias formas o pobre brasileiro e criativo demais o q complica e imposto em excesso, desregula a barraca de cachorro quente pra ver se a pessoa n enriquece, garante segurança publica pro empresário pra ver se ele msm sendo assaltado n se anima pra seguir em frente, tira Paulo freire e poe matemática avançada pras nossas crianças p ver se isso aqui n vira um pais abençoado q nem os estados unidos em longo prazo.

        vou reiterar aqui pra senhora: me desculpa se aparentei ser ofensivo mais achei q vc nunca fosse me responde ficou apagando meus comentários e dps postou la no seu texto dizendo q quero treta e isso n foi verdade n eu nunca te mandei um palavrao so acho errado,, vc trata nois com tanta inferioridade: “gentinha”, “debiloides”, “imbecis”, “analfabetos” qq é isso minha senhora se poe no lugar da gente q le… isso machuca pq n e verdade mais eu n tenho magoa da senhora n pode fica tranquila

        quem quer treta e o amigo la q raspa maria em plena véspera de 300 anos da mae de deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: